As sobrancelhas são as molduras dos olhos e do rosto e, por isso, necessitam de cuidados especiais.
 Com o passar do tempo, elas podem apresentar falhas e ficar bem mais ralas. Para devolver a simetria das sobrancelhas,

 a micropigmentação,  pode ser uma boa alternativa.
 A  maquiagem definitiva é uma alternativa para quem quer estar sempre maquiada, sem muito trabalho, ou então, para mulheres
  que precisam corrigir falhas na sobrancelhas, por exemplo.
 Ela é considerada uma tatuagem comum e mantém o mesmo processo de micro perfurações na superfície da pele.
 Os cuidados devem ser os mesmos para uma tatuagem convencional e nem sempre pode ser retirada da pele por insatisfação.
 “A técnica é indicada por vários motivos, normalmente é usada para realçar traços do rosto como a sobrancelha,
 o contorno dos olhos e a boca. Mas, o mesmo procedimento pode ser feito para camuflar a marca de cicatriz no corpo,
 tornando-a menos evidente”, explica a professora da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, Mercedes Granja.
 É importante lembrar que a maquiagem definitiva é o resultado de uma marca profunda na pele, merece cuidados como o protetor
 solar e dependendo do caso deve ser retocada. “Ao longo do tempo a tintura azul se torna preta, e a marrom fica acinzentada.

 
A pele ganha tem substituições de novas células, e portanto a maquiagem deve ser reforçada”, conta Mercedes.
 A insatisfação com o resultado pode custar caro e dificilmente sai definitivamente da pele. “A retirada de pigmentos
  depende de muitos fatores, como por exemplo, a idade da tatuagem, a profundidade da tinta na pele. É importante ressaltar
  que o processo feito com laser demora de um a dois anos para notar diferença”, alerta a dermatologista.
 A técnica da dermopigmentação – maquiagem permanente ou definitiva – consiste na introdução de pigmentos na pele.
 Mais comum no contorno dos olhos e dos lábios e na correção da sobrancelha, a técnica permite ainda corrigir cicatrizes
 e manchas na pele. “O profissional deve fazer o desenho no rosto com maquiagem removível antes da maquiagem permanente,
 para garantir um contorno harmonioso e natural”, explica o dermopigmentador Newton Satil.
 Se o resultado final não for exatamente o desejado, a mulher consegue remover os pigmentos apenas com sessões de laser.
  No entanto, em regiões onde há pêlo, como na sobrancelha, o mesmo laser que é usado para remover os pigmentos pode também
  retirar os pêlos da região, como em uma depilação definitiva. Já em áreas mais claras, como na correção de manchas da pele,
 o pigmento usado é muito claro para ser absorvido pelo laser, que não consegue remover a tatuagem da pele.
 Além das dificuldades na remoção da maquiagem definitiva, há ainda a possibilidade da mulher desenvolver uma reação alérgica
 aos pigmentos usados durante o procedimento, ou mesmo formar quelóide durante a cicatrização.
 Vale ainda uma última dica: antes de fazer o procedimento, confira se o lugar está limpo e esterilizado e se a agulha é descartável.
 Por isso, tenha certeza da decisão e consulte um profissional antes de realizar o procedimento.
 Lembre-se que a maquiagem como o próprio nome já diz, é definitiva e ficará marcada no corpo para sempre.
___________________________________________________________________
Fonte:healdlis.com