Primeiramente, é preciso entender o que é um piercing microdermal. Basicamente, é o piercing de um ponto só, ou seja, enquanto os outros tipos entram e saem da pele, deixando dois orifícios, o microdermal tem apenas uma entrada. Antes, somente com o modelo transdermal era possível conseguir esse efeito. Porém, exigia uma delicada intervenção cirúrgica. E o percentual de rejeição, após alguns anos, era alto..

O microdermal é composto de duas partes. A base, que fica sob a pele, chama-se âncora. Tem, em média, três furos. A parte visível, semelhante a um pequeno parafuso, é onde vai a joia escolhida, que pode ser trocada. Basta desaparafusar e colocar outro modelo..

Fotos-de-piercing-microdermal-1.jpg

Existem bases de aço cirúrgico e de titânio, este último é bem mais leve e menos suscetível a uma futura inflamação. Mas não se preocupe. Quase sempre os casos de rejeição são ocasionados por falta de cuidado do usuário. É preciso seguir todas as recomendações de higienização do local, que certamente serão informadas por profissionais experientes..

No Brasil, a popularização desse tipo de adorno para o corpo é recente. Começou a ser mais requisitado nos últimos dois anos, talvez por ainda despertarem certo receio e por serem mais caros. Geralmente, em locais confiáveis, a aplicação de um piercing comum custa por volta de R$ 80. Já o microdermal sai mais ou menos pelo dobro. Cuidado! Alguns “profissionais” podem oferecer pechinchas entre R$ 15 e R$ 30. Nesses casos, desconfie.
Fotos-de-piercing-microdermal-2.jpg

Um relevante benefício do microdermal é a cicatrização mais rápida. Leva, em média, três meses, ante os seis meses de um piercing de dois pontos. O lado negativo se dá em uma possível retirada. No piercing comum é só tirar as bolinhas. No microdermal, como a parte inferior fica sob a pele, deve ser extraído apenas por pessoal especializado..

Diferentemente do que muitos pensam, o microdermal não é utilizado apenas no nariz. Tirando os dedos e áreas de articulações, podem ser inseridos em qualquer parte do corpo..

E a pergunta de sempre: é muito doloroso? Em mãos bem treinadas, a intervenção vai levar somente alguns segundos. Portanto, quase não causa incômodo.

____________________________________________________________________
Fonte:arte no corpo