Conheça a triste história do homem que tatuou tudo que é site na cara e agora está super arrependido
São 18 tratamentos diferentes com dois meses de intervalo entre eles, para que tudo volte ao normal
Billy Gibby, 32, vendeu seu nome para a publicidade e acabou se chamando Hostgato Dotcom. Na real, ele vendeu mais que o rosto.
O americano da cidade de Anchorage, Alaska (EUA) vendeu também seu rosto, braços e outras áreas do corpo para que empresas anunciassem nele.
Bibby acabou lotado de tatuagens de cassinos e sites pornográficos.
Ele conseguiu mais de R$ 100 mil por tatuar as URLs na cara.
Porém, a vida anda e agora ele está arrependido.
O Outdoor humano está tentando arrecadar cerca de R$ 8 mil para retirar as tatuagens da cara.
Ele possui mais de 20 tatuagens, isso só no rosto.
O maluco chegou a vender uma enorme área do seu corpo para um cassino online, por cerca de R$ 20 mil. Só que tudo mudou quando ele descobriu que era bipolar, e que só fez isso durante as crises da doença.
Desvalorizando-se ele chegou a baixar o preço das publicidades para uma média de R$ 150.
Tendo noção da sua situação, ele está se tratando e pretende “limpar” o passado e recomeçar a vida.
Gibby se reuniu com especialistas em remoção de tatuagem e eles estimaram que para a retirada das tatuagens o Outdoor teria que gastar R$ 8 mil.
São 18 tratamentos diferentes com dois meses de intervalo entre eles, para que tudo volte ao normal.
Desde as tatuagens, a vida ficou complicada para o americano.
Com sites pornográficos tatuados no rosto, arrumar emprego se tornou uma tarefa difícil.
Será que ele vai conseguir ficar sem se tatuar?  
________________________________________________________________
Fonte:R7