O culto aos mortos é uma celebração antiga no México. Há indícios que os primeiros povos – astecas, maias, purépechas entre outros – já faziam rituais para comemorar esse dia especial. Na era pré-hispânica era comum a prática da conservação de crânios dos mortos como troféus para exibi-los em datas comemorativas, como o da morte e o do renascimento. 
Após conquistarem os territórios nativos, os espanhóis viram esses rituais e ficaram apavorados. Não estavam acostumados a esses cultos utilizando caveiras. Como não podiam ir contra uma tradição de mais de três mil anos, fizeram coincidiram as festividades dos antigos povos com as festas católicas do Dia de Todos os Santos e o Dia dos Fiéis Defuntos. 
Atualmente, além do México, o Dia de Los Muertos é comemorado no dia 1º de novembro e se estende até o dia 2. Diversos países da América Central e em muitas regiões dos Estados Unidos com grande concentração de imigrantes mexicanos, celebram as datas. 





A Festa
O Dia de Los Muertos é uma das datas comemorativas mais festivas e animadas do México e nos demais países. Os parentes prepararam um altar onde colocam as oferendas para os mortos: pertences que eles gostavam, como perfumes e objetos pessoais. São colocados também, muita comida típica, bolos e doces. As oferendas são para receberem os mortos e mostrarem a eles que sua visita é motivo de alegria e celebração, não só aos parentes, mas em toda a comunidade. 
O símbolo
A caveira (Sugar Skull) é o símbolo máximo do Dia de Los Muertos e elas são feitas com açúcar, merengue em pó e água, todos os ingredientes misturados. A massa é colocada em moldes em formatos de caveira. Após a secagem, ela está pronta para ser preparada para as festividades. Os familiares a pintam utilizando corantes ou papéis coloridos que representam a alegria das pessoas em receber a visita dos parentes mortos. 
Tattoo Sugar Skull 
Tanta celebração transformou a caveira de açúcar em um verdadeiro objeto de adoração, não só entre os povos que celebram o Dia de Los Muertos. Muitas pessoas fazem tatuagens com o símbolo. Não é para menos, além de serem muito coloridas e diferentes, elas representam uma celebração que os parentes querem levar sempre consigo, para lembrarem das pessoas que já se foram. Outro motivo que as fazem tatuar a caveira em seus corpos é que cada indivíduo pode personalizar a tatuagem com suas cores preferidas e até incorporar outros elementos ao desenho, como folhagens, grafismos, etc.

——————————————————————————————————————–
Fonte:Noticias