Conhecida como “Illustrated Lady”, Julia Gnuse é a mulher viva mais tatuada do mundo. Com 95% do corpo tatuado, a senhora ilustrada entrou para o livro dos recordes em 2011.

Entenda o caso

Engana-se quem acha que Julia se entregou à tinta por pura paixão. Na verdade, a ideia veio quando ela descobriu que tinha uma doença chamada “porfiria cutânea”, que deixa a pele muito sensível ao sol. Qualquer exposição causa queimadura, bolhas se formam e viram cicatrizes profundas. Na tentativa de esconder estas cicatrizes, a californiana optou pelas tatuagens.

A mulher mais tatuada do mundo começou tatuando as pernas, mas em poucos anos já estava completamente tatuada, inclusive no rosto. Entre os desenhos estão os seus personagens animados favoritos e cenas na selva.

Confira as fotos:

________________________________________________________________________
Fonte:texto arte no corpo fotos: Google