riscos-tatuagens-temporarias-discovery-noticias

De acordo com a FDA (Food and Drug Administration), agência de controle de remédios e medicamentos dos Estados Unidos, quem tem vontade de fazer tatuagem temporária deveria pensar duas vezes.

“Só porque uma tatuagem é temporária não significa que não apresenta riscos”, explica a Dra. Linda Katz, diretora da Divisão de Cosméticos e Corantes da FDA.

As tatuagens temporárias não apresentam os mesmos riscos das verdadeiras, e certamente não são tão dolorosas, mas as famosas tatuagens de henna vendidas na praia podem causar reações adversas em algumas pessoas.

Os efeitos colaterais  incluem vermelhidão, bolhas, lesões cutâneas, perda de pigmentação, aumento da sensibilidade ao sol e cicatrizes permanentes. Alguns casos ocorrem de imediato, outros levam semanas e exigem cuidados médicos.

Embora a henna verdadeira – um corante marrom-avermelhado, feito de uma planta tropical – seja segura, e utilizada há milhares de anos para tingir pele, cabelos, seda e lã em celebrações culturais, os vendedores das tatuagens temporárias as vezes utilizam a hena preta, que pode ser uma tintura para cabelo, ou ainda, uma mistura de henna com outros ingredientes, para fazer a tatuagem durar mais.

No caso da tintura de cabelo, um dos ingredientes é a p-fenilenodiamina, que, segundo a FDA, é proibida por lei de estar presente na composição de cosméticos aplicados sobre a pele.

Contudo, os regulamentos aplicados sobre os quiosques temporários, perto de praias e calçadões, variam de estado para estado.

Em todo caso, se você tiver uma reação à hena preta, procure um médico.

_______________________________________________________________________
Fonte:discovery