Assembleia paranaense já discutiu e aprovou o texto outras duas vezes.
Iniciativa prevê também a proibição de piercings, mas libera brincos.

A Assembleia Legislativa do Paraná volta a discutir, na sessão de segunda-feira (17), o projeto de lei que pretende proibir menores de 18 anos de serem tatuados no estado. Esta será a terceira vez que o projeto passa pelo Plenário. Nas duas anteriores, o texto foi aprovado.

 O projeto vai alterar a lei estadual que atualmente permite menores de serem tatuados. Na lei em vigor, para um jovem poder fazer a tatuagem, basta apresentar ao tatuador uma autorização por escrito dos pais ou responsáveis.

Ao texto original, também foi inclusa outra proposta, para proibir, além das tatuagens, a implantação de piercings e outros objetos perfurantes em menores. Conforme a proposição, apenas brincos poderão ser aplicados nos jovens.

_______________________________________________________________________
Fonte:G1 foto Google